contatos Assine
destaque no ensino

UFSM está entre as 350 melhores universidades dos países emergentes

10 Maio 2018 19:52:00

Ranking é da revista britânica Times Higher Education e levou em conta 13 indicadores de performance

Camila Gonçalves


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Entre as cinco melhores do Estado, destaque é a transferência de conhecimento

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) está entre as 350 universidades no ranking elaborado pela revista britânica Times Higher Education como as melhores instituições em países considerados emergentes. A UFSM aparece entre as posições 301-350 na tabela. A avaliação inclui universidades de 42 países e quatro continentes. A China ocupa 63 posições com as duas primeiras colocações. O Brasil é o terceiro país com maior representatividade na lista, mas quase todas as universidades brasileiras diminuíram suas posições em relação a anos anteriores. Segundo a própria revista, a queda do desempenho do Brasil se deve "à turbulência econômica e política no país".

Laboratório da UFSM ganha reconhecimento por desenvolver aplicativos

O julgamento leva em conta 13 indicadores de performance. Entre os parâmetros estão ensino, pesquisa, transferência de conhecimento, internacionalização, o volume e reputação das pesquisas, influência dos pesquisadores, número de funcionários, infraestrutura e instalações disponíveis para alunos e funcionários. Os critérios são os mesmos usados na classificação do ranking das melhores universidades do mundo.

Escola atingida por temporal de outubro aguarda obra em caixa d'água há 45 dias

Entre os indicadores da UFSM, o mais alto é transferência de conhecimento - a UFSM ficou com nota 33 neste quesito (a nota máxima é 100) - que diz respeito à habilidade da instituição de colaborar com a indústria por meio de iniciativas inovadoras e consultoria. O cálculo também mede a capacidade da universidade de atrair o financiamento do mercado para pesquisas. A segunda melhor colocação da universidade levando em conta os números dela mesma é o ensino - nota 22. O quesito examina o prestígio das instituições com base na combinação de respostas de uma pesquisa anual de reputação acadêmica em 2016 e 2017.

O reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann, ressaltou a importância da UFSM apresentar dados positivos no que tange à qualidade do ensino e à habilidade da instituição de colaborar com a indústria por meio de iniciativas inovadoras e consultoria.

_Fomos os melhores colocados  neste quesito (iniciativas inovadoras e consultoria) dentre as universidades públicas gaúchas. Salientamos que este desempenho pode estar vinculado às estratégias de inovação e aos diversos projetos de pesquisa e de extensão desenvolvidos por nossos servidores e estudantes, que através de sua atuação fortalecem essa importante ponte entre o conhecimento promovido dentro da Universidade e o desenvolvimento econômico e social da região.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249