contatos Assine
educação

Pais esperam por até 12 horas na fila por transferência escolar

14 Fevereiro 2018 18:34:00

Central de Matrículas voltou a atender às 13h desta quarta, mas familiares aguardavam desde a madrugada no local

Joyce Noronha

Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

Para conseguir uma transferência escolar, pais e responsáveis chegaram cedo nesta quarta-feira à Central de Matrículas de Santa Maria. Na verdade, teve gente que chegou às 23h de terça-feira e às 2h da madrugada de quarta-feira. A Central de Matrículas fez o recesso de carnaval e voltou a atender às 13h. Por conta disso, teve quem ficou por até 12 horas aguardando em fila, na calçada.  

Veja os aprovados na primeira chamada do Prouni nas instituições de Santa Maria

Segundo a dona de casa Aline Favero Leonardo, 35 anos, semana passada ela foi até o local e recebeu a informação que, para o pedido dela, o atendimento seria a partir das 13h do dia 14 de fevereiro. Ela conta que recebeu a orientação de chegar cedo para garantir que conseguiria uma das 100 fichas a serem distribuídas. Ela chegou por volta das 9h10min e era a 39ª pessoa na fila. Ela quer a troca de escola da filho de 10 anos, que vaipara o 4º ano do Ensino Fundamental.

- Eu sabia que o atendimento seria a partir das 13h, mas achei que eles estariam aqui de manhã para distribuir as fichas. Não que eu precisaria ficar aqui a manhã toda. Estou com a minha filha de 6 anos e estava todo mundo no sol - reclamou, mostrando que as pessoas da fila trocaram de calçada para conseguirem ficar na sombra.

OS PRIMEIROS 
A primeira pessoa na espera, que pediu para não ser identificada, contratou uma pessoa para passar a noite na fila, que chegou às 23h de terça-feira. Às 7h45min, a "dona" do lugar trocou com o contratado para esperar a distribuição de fichas. Ela queria a transferência das duas filhas, de 8 e 10 anos, para o 3º e o 5º do Ensino Fundamental na mesma escola, que fica a duas quadras de casa. 

Chamada oral na UFSM começa nesta quinta-feira

O mestre de obras Anselmo Andrade Santos, 32 anos, chegou às 2h da madrugada para garantir a transferência da filha de uma escola da Bahia para Santa Maria. A família mudou-se para a cidade em dezembro e ele precisa conseguir uma vaga para a menina no 3º ano do Ensino Fundamental.

- Me avisaram para chegar cedo, que as pessoas madrugavam na fila, então eu vim para tentar garantir. Passei um pouco de frio à noite, mas a gente precisa colocar a menina na escola, então eu fiquei aqui - contou Anselmo.

Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

DE QUEM É A RESPONSABILIDADE
Como o órgão atende as secretarias municipal e estadual de Educação, a responsabilidade da Central de Matrículas é dividida entre governo do Estado e prefeitura. O titular da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), José Luis Eggres, se surpreendeu ao saber os horários que as pessoas chegaram na fila. 

Ele diz que não há problema de falta de vagas nas escolas estaduais e que, segundo a responsável pela rede estadual de ensino na Central, não foi dada a orientação para as pessoas de chegar cedo.

- Acredito que o problema tenha sido a volta do feriado de carnaval. Amanhã, a Central volta a atender de manhã e de tarde, com 100 fichas de atendimento em cada turno. Hoje (ontem) foram distribuídas 125 fichas para atender as pessoas que esperavam na fila - comentou Eggres.

Escolas de Santa Maria aguardam início de obras

A prefeitura explica que a Central de Matrículas é auditada pelo Ministério Público. Conforme a Superintendência de Comunicação, o período de solicitações de transferências começou ontem para as pessoas que perderam o prazo de 2 a 14 de janeiro. Agora, os alunos serão realocados conforme a disponibilidade de vagas nas escolas e por meio de um mapa de distribuição previsto pela Central de Matrículas. A ideia é manter os alunos em escolas próximas de suas residências.

O Diário ligou oito vezes, das 13h às 17h15min, para a Central de Matrículas, mas os telefonemas não foram atendidos.

Central de Matrículas
De segunda a sexta-feria: das 8h ao meio dia e das 13h30min às 17h30min
Endereço: Rua Serafim Valandro, 369 (ao lado da escola Cícero Barreto)
Mais informações: (55) 3219-3338

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249