contatos Assine
troca de experiência

Depois de 20 anos de viagem de bicicleta pelo Brasil, ciclista dá palestras em escolas

16 Abril 2018 15:00:00

Atleta fala das realidades que encontrou pelos estados brasileiros

Joyce Noronha

Foto: João Alves (Divulgação prefeitura de Santa Maria) 

Qual criança nunca sonhou em subir em uma bicicleta e desbravar o mundo? Claro, sem saber o planejamento e investimento necessário para a empreitada. Depois da última quinta e sexta-feira, os alunos das escolas municipais Perpétuo Socorro, Duque de Caxias, Dom Luiz Victor Sartori e CAIC Luizinho de Grandi já estão mais cientes do que é preciso para viajar de bike. Os estudantes tiveram palestra com o ciclista José Paranhos, natural de Uruguaiana, que viaja com a "magrela" há mais de 20 anos. 

Paranhos, que é mais conhecido por Dag, conta que quer escrever um livro e fazer um documentário com os registros de suas viagens, em que percorreu todos os Estados brasileiros. Enquanto não concluiu os projetos, ele compartilha com alunos de escolas tudo que aprendeu, em duas décadas, por meio de palestras de cunho motivacional e social, fotografias expostas e vídeos.

Dag, que não revela a idade, diz que começou as pedaladas após um amigo ser assassinado em um assalto em Porto Alegre.

_ Era um sonho dele e decidi ir atrás. Estou aí, no mundo das pedaladas, vendo as mais diversas realidades que o Brasil tem _ conta o ciclista.

Para a vice-diretora da Escola Perpétuo Socorro, Eliane Corrêa de Moraes, a palestra de Dag foi uma surpresa, pois a direção, os professores e até mesmo os alunos pensaram que ele falaria apenas de suas vivências na estrada. Porém, Paranhos leva também a mensagem de se importar e cuidar de si, das coisas que temos e do país, segundo a vice-diretora.

Eliane conta que o ciclista buscou muito o sentido de valorização da vida e de preservação, o que ela achou ser uma boa reflexão, principalmente para os estudantes.

NOVA AGENDA
Paranhos ainda está na cidade e na manhã de hoje vai à 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) na tentativa de montar um cronograma das palestras dele nas escolas estaduais da cidade. Ele conta que esta semana ainda deve ficar na cidade e conseguiu hospedagem pelo apoio que recebe do Corpo de Bombeiros. 

A prefeitura diz que gostaria que ele ministrasse palestras em mais escolas municipais e a Secretaria Municipal de Educação tentará fechar mais horários com o ciclista.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249