contatos Assine
orçamento doméstico

Gás industrial e gasolina terão novo aumento de preço

16 Maio 2018 08:45:00

Colunista Deni Zolin fala os impactos no bolso do consumidor

Deni Zolin


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

Alegando estar sendo pressionada pela escalada das cotações do petróleo e do dólar, a Petrobras anunciou novos reajustes dos combustíveis. O gás de cozinha para uso industrial (a granel e em botijões de 45kg) vai aumentar mais 3,6% - é o terceiro reajuste em 20 dias, pois no dia 8 de maio, foram 7,1%, e em 27 de abril, 4,7%, totalizando 16,2%. Esse reajuste não impacta o preço do botijão de 13 quilos, mais consumido por residências, que é ajustado com periodicidade trimestral. O de 13 kg teve queda de -4,4% em 5 de abril e agora só terá nova mexida nos preços em julho.

Desde 8 de maio, quando o gás para uso industrial foi reajustado pela última vez, o preço do petróleo Brent subiu 4,5% e o dólar, 2,6%.

Farmácias Reni demitem 42 funcionários e entram com pedido de recuperação judicial

A gasolina também vai subir mais 3,5 centavos de real. Em 10 de abril, a gasolina estava em R$ 1,64 nas refinarias da Petrobras. Para hoje, o preço vai para R$ 1,968. São quase 33 centavos de aumento em pouco mais de 30 dias. Só em maio, foram nove altas e uma queda, totalizando 16 centavos de aumento desde o último dia 1º, quando a gasolina nas refinarias estava em R$ 1,807.

A Petrobras, pelo jeito, vai de vento em popa. Já o bolso do consumidor amarga prejuízos.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249