contatos Assine
Opinião

BNDES só deve dar resposta no final de janeiro sobre possível retomada de duplicação da Faixa Velha

10 Janeiro 2018 00:06:00

Colunista Deni Zolin fala sobre o 'plano C' do governo Sartori para conclusão da obra da ERS-509

Foto: Charles Guerra (Diário)

Nesta terça-feira, a Secretaria Estadual de Transportes respondeu ao questionamento feito no dia 28 de dezembro por mim, sobre se havia alguma previsão para a retomada da duplicação da Faixa Velha de Camobi, a ERS-509. A obra está paralisada desde 4 de outubro por atrasos de pagamento por parte do governo do Estado - ou seja, já são mais de 3 meses sem trabalhos.

A resposta da Secretaria de Transportes voltou a ser de que "por decisão do governo do Estado, foi encaminhado o pedido de inclusão da obra no BNDES. Toda a documentação já foi enviada e o governo está esperando a aprovação do mesmo para que a obra tenha o seu reinício."

Por isso, a pasta orientou que o Diário entrasse em contato com a Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado para obter mais detalhes. A pasta do Planejamento, então, respondeu, que a expectativa é que o BNDES dê uma resposta até o final de janeiro. Resta saber se, caso a resposta for positiva, o dinheiro vai demorar ou não parar vir. Já em caso de negativa do BNDES, qual será o plano D do Estado?

Contrato prevê oito lombadas eletrônicas em Santa Maria

Eu falei acima em plano D porque as outras programações do governo do Estado para a duplicação da Faixa Velha não vingaram. O plano A era concluir a obra com dinheiro da contribuição sobre os combustíveis (Cide), mas o governo federal repassou valores muito abaixo do projetado nos últimos anos. O resultado foi que a duplicação da 509 ficou lenta e até parou. O plano B era usar recursos do cofre do Estado, com verbas da venda de ações do Banrisul ou de outras fontes, mas isso não foi possível. Foi então que o governo Sartori teve de partir para o plano C, que foi pedir para o BNDES incluir a duplicação da ERS-509 em um financiamento já aprovado pelo banco para obras de rodovias gaúchas.

Tomara que o BNDES aprove isso, pois caso dê errado, o governo Sartori terá de partir para um plano D. Qual seria? Não sei. Raspar algum dinheiro do cofre já combalido do Estado, que sofre para pagar os salários parcelados? Talvez seja isso. Mas vamos torcer e aguardar pela resposta do BNDES.

Se a obra não tivesse parado, poderia estar pronta agora em fevereiro. Agora, sabe-se lá quando será concluída. Ainda faltarão 4 meses de trabalho, quando a obra recomeçar. O problema é que o período de férias vai acabar, e o viaduto não estará pronto, voltando a tranqueira na Faixa Velha.

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249