contatos Assine
Economia

Arrecadação de ICMS cresce 10% em Santa Maria em 2017

11 Fevereiro 2018 13:00:00

Crescimento na cidade foi bem maior que a média do Rio Grande do Sul

Deni Zolin


Foto: Fernando Ramos, 31/01/2014

Depois de a economia sofrer um grande tombo em 2015 e 2016, a leve recuperação em 2017 ajudou, mas ainda está longe de ser um refresco. Em Santa Maria, não há pesquisas que avaliam o desempenho local da atividade econômica. Porém, um dos indicadores indiretos e que dá algumas pistas é a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). E depois de ter uma queda real de -20,1%, em 2015, e uma alta leve de 0,2%, em 2016, a arrecadação do imposto estadual teve forte reação em 2017 na cidade, com alta real de 10,1% (já levando em conta a inflação pelo IGP-DI). O crescimento de Santa Maria foi bem maior até que a média do Estado, onde o ICMS arrecadado teve aumento real 5,3% e alta nominal de 4,93%. Foram R$ 31,6 bilhões de ICMS em 2017 no Rio Grande do Sul.

Encontrados corpos de vítimas de soterramento em Tupanciretã

É difícil saber se o consumo em Santa Maria subiu 10,1% em 2017, até porque os dados não são fidedignos, pois o ICMS é sujeito à sonegação. Mas o IBGE apontou, na sexta, que as vendas do varejo gaúcho subiram 7,2% em 2017, sobre 2016 - ou seja, aqui deve ter tido também uma boa reação. As vendas de vestuário e calçados subiram 25%, e de móveis caíram -9%, diz o IBGE.

Na avaliação do chefe da 8ª Delegacia Regional da Receita Estadual em Santa Maria, Edson Boer Dri, a influência do agronegócio e dos salários do funcionalismo público sobre a economia da cidade, além do andamento de obras como a do novo shopping e da duplicação da Travessia Urbana podem ter contribuído para esse reaquecimento em 2017. A alta acabou sendo expressiva porque vínhamos de uma queda muito grande, de -20,1%, em 2015.

Após queda de teto do Caixeiral, prefeitura pede laudo de outros clubes da cidade

Porém, a alta expressiva dos preços dos combustíveis também pode ter influenciado no aumento da arrecadação, já que o reajuste foi elevado e a alíquota de ICMS da gasolina é alta, de 30%.


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249