contatos Assine
transporte público

Aprovado decreto que altera critérios no cálculo da tarifa de ônibus em Santa Maria

16 Abril 2018 08:19:00

Um dos principais itens de mudança é o percentual do consumo de combustível na planilha de custos

Foto: Arquivo Diário

MATÉRIA ATUALIZADA às 11h30min

O Conselho Municipal de Transportes aprovou por unanimidade, na manhã desta segunda-feira, o decreto que regulamenta uma nova forma de calcular os custos do transporte público em Santa Maria. O cálculo impacta diretamente na definição do valor da passagem de ônibus na cidade e, por isso, é de extrema importância para os santa-marienses.

O decreto, enviado ao Conselho pela prefeitura, atualiza a forma de fazer o cálculo, levando em consideração, por exemplo, um novo percentual para o consumo de combustível, um dos principais itens impactados pelo novo cálculo. O decreto substituirá o antigo, de 2006. Em 2014, o Tribunal de Contas do Estado já havia solicitado que a forma de fazer o cálculo da tarifa fosse revisto e atualizado. 

Uma simulação leva em consideração que, se a nova forma de calcular a tarifa já tivesse sido aplicada no ano passado, o valor final da passagem teria sido de R$ 3,62, e não R$ 3,66, como foi sugerido pelo Conselho - atualmente, a passagem custa R$ 3,60, já que o valor final depende de sanção do prefeito, que pode acatar o valor sugerido pelo Conselho, aumentá-lo ou reduzi-lo, como ocorreu em 2017.

A partir de então, o Conselho aguarda a convocação de uma reunião extraordinária por parte da prefeitura para que possa apresentar a planilha de custos com o reajuste sugerido para este ano. Depois disso, o relator do Conselho deve apresentar, em outra reunião, a análise da planilha. Se não houver pedido de vistas (revisão) por parte dos conselheiros, o próximo passo é a definição do novo valor da passagem. Só depois disso é que o valor reajustado é repassado para a análise do prefeito.

NOVO VALOR
Conforme o colunista do Diário que acompanha o tema de perto, Deni Zolin, o reajuste acabará sendo votado até o final de abril. O palpite do colunista do Diário Deni Zolin é que o novo valor fique entre R$ 3,80 e R$ 3,90, mas será preciso aguardar o cálculo oficial da prefeitura. As empresas de ônibus pediram 11% de reajuste sobre o valor atual.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249