contatos Assine
santa maria

Após sete meses parada, duplicação da Faixa Velha será retomada

17 Maio 2018 12:00:00

BNDES aprovou a liberação dos R$ 19 milhões que faltam para a conclusão da obra

Deni Zolin


Foto: Charles Guerra (Arquivo Diário)
Paralisação da duplicação da Faixa Velha de Camobi (ERS-509)

No aniversário de Santa Maria, uma ótima notícia para os santa-marienses e motoristas que precisam atravessar a cidade e enfrentam hoje congestionamentos. O secretário estadual de Planejamento, Josué Barbosa, confirmou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a liberação dos R$ 19 milhões que faltam para a conclusão da duplicação da Faixa Velha de Camobi (ERS-509). Com isso, a obra, paralisada desde 4 de outubro de 2017, poderá ser retomada em breve.

- O BNDES liberou recursos. Chegou terça para nós, oficialmente, e temos agora a condição de fazer o acabamento das obras da 509. Agora, são só os procedimentos burocráticos, são só mais alguns dias até o recurso do BNDES estar liberado. Mas com isso a gente já consegue fazer a transferência de recursos que estão em carteira. Então, deve chegar o mais rápido possível. Essa obra, da parte do BNDES, está garantida. Agora, a velocidade, é conosco - afirmou Barbosa.

Uma das associações de taxistas de Santa Maria é contra o aumento da tarifa

Os R$ 19 milhões serão suficientes para pagar os atrasados e também para concluir o que falta na obra. Essa liberação foi possível porque o BNDES aceitou incluir a ERS-509 num financiamento que o Estado já tinha para o asfaltamento de 40 acessos a municípios. A expectativa inicial era que o BNDES desse a resposta em janeiro passado, mas acabou sendo adiada e saiu agora.

- A normalidade dos contratos e das licenças da obra pesou muito na decisão do BNDES para liberar as verbas para a 509 -disse Barbosa.

Faltam 3 a 4 meses para concluir a obra
A Construtora Della Pasqua foi informada da decisão do banco e terá reunião na semana que vem com o Daer para definir o cronograma de retomada da duplicação. A princípio, ela informou que deve levar uma semana para mobilizar equipes e reiniciar a obra. A estimativa da empresa é levar de 3 a 4 meses para concluir. Ou seja, as quatro pistas do viaduto devem estar liberadas ao trânsito entre o final de agosto e o final de setembro, se tudo der certo e o clima colaborar. 

Delivery Much compra empresa líder do segmento de pedidos de comida online em Goiás

Além de fazer concluir e asfaltar os aterros do viaduto da 509 com a Avenida Osvaldo Cruz, a Della Pasqua terá de fazer uma rotatória na Osvaldo Cruz e asfaltar o entorno do viaduto. Depois, faltarão só concluir duas alças de retornos, mas isso ainda depende de desapropriações que o Daer negocia na Justiça. Já o viaduto, feito pela Sogel, de Porto Alegre, está pronto, só faltando concretar os elos de ligação com os aterros.

Iniciada em novembro de 2013, a duplicação do trecho de 4,3 km da Faixa Velha deveria ter ficado pronta no final de 2015, mas atrasou e foi paralisada por causa das verbas escassas vindas do governo federal (por meio do "impostos dos combustíveis", a Cide). No final de 2017, o Estado chegou a prometer a retomada com verbas próprias, depois disse que seria com dinheiro da venda das ações do Banrisul e, por último, teve de recorrer ao BNDES. A grande esperança é que agora isso se resolva, de uma vez por todas.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249