contatos Assine
Pesquisa

Laboratório da UFSM é referência na análise de sementes

11 Dezembro 2017 14:00:00

Pesquisas contribuem para o desenvolvimento da agricultura das regiões central e oeste do Estado

Diogo Brondani

Foto: Gabriel Haesbart (Diário)Nicéia Spagnoli Calgaroto, gerente de qualidade, inspeciona as sementes

Dentre as áreas de estudo do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), criado em 1964 para trabalhar com ensino, pesquisa e extensão em produção vegetal, um setor que se destaca é o Laboratório de Análise de Sementes (LAS). Ele está em atividade desde 1979 e atua, além da pesquisa, na prestação de serviços à comunidade.

No local, as sementes são submetidas a testes de qualidade física e fisiológica, sendo emitido pelo laboratório o Boletim de Análise de Sementes, de acordo com as normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Com esse documento, as empresas produtoras de sementes estão aptas a comercializar as sementes no mercado brasileiro.

- Com os testes de qualidade, é possível estimar o desempenho das sementes no campo, com uma boa confiabilidade. Assim, os agricultores têm mais segurança no momento da semeadura, colocando no solo semente com qualidade conhecida e, de preferência, com alto percentual de vigor e germinação - explica a chefe do departamento, professora Isabel Lago, agrônoma mestre em Agrometeorologia e doutora em Engenharia Agrícola na área de concentração de Engenharia de Água e Solo.

 Filho de prêmio Nobel de Economia defende a redução do papel dos governos

Segundo ela, o LAS tem assumido um importante papel no desenvolvimento da agricultura das regiões central e oeste do Rio Grande do Sul.
- São realizadas cerca de 2,5 mil análises de sementes ao ano. As principais espécies inspecionadas são soja, arroz, trigo, azevém, aveia preta, aveia branca, dentre outras espécies forrageiras - destaca. 

De acordo com a professora, as informações geradas pelo LAS servem de referência para a tomada de decisões de agricultores, empresas produtoras de sementes, cooperativas, técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos.

- Conhecer a qualidade da semente é fundamental para o sucesso de uma lavoura, e o nosso laboratório está dando suporte para isso - afirma.

O Centro de Ciências Rurais (CCR) congrega ainda, dentro do Departamento de Fitotecnia, estudos em áreas como agrometeorologia, experimentação agrícola, floricultura e paisagismo, fruticultura, horticultura, manejo de culturas de coxilha e de várzea e melhoramento vegetal. Atualmente, existem mais de 120 projetos em andamento, com participação de aproximadamente 85 alunos de pós-graduação (nível de mestrado e doutorado) e 130 alunos de graduação, envolvendo bolsistas e não bolsistas.

Viaduto do Castelinho já está iluminado e será liberado até o Natal

Como forma de difundir os resultados das pesquisas para técnicos da área agrícola, produtores, alunos da UFSM e de outras instituições, empresas da área agrícola e da comunidade em geral, são realizadas ações interativas como dias de campo, roteiros técnicos, visitas técnicas e palestras.

ONDE FICA

O Laboratório de Análise de Sementes (LAS) está localizado no prédio 77 da UFSM, no Departamento de Fitotecnia, no Centro de Ciências Rurais (CCR). Mais informações pelo telefone (55) 3220-8773, pelo e-mail sementeufsm@gmail.com ou pelo site www.ufsm.br/semente.

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249