contatos Assine
Região

Moradores e motoristas improvisam conserto da Ponte das Tunas

12 Setembro 2017 00:00:00

Estrutura entre Restinga Seca e Formigueiro teve de ser bloqueada nesta terça-feira para o serviço

Marcos Fonseca

Moradores do Passo das Tunas tiveram de arregaçar as mangas na manhã desta terça-feira e improvisar o conserto da ponte da ERS-149 sobre o Rio Vacacaí. As madeiras do piso da antiga estrutura de ferro se romperam, fato que já virou rotina e tem sido motivo de queixas dos usuários da rodovia estadual.

Moradores e motoristas fazem o conserto das madeiras da ponte das Tunas, entre Restinga Seca e Formigueiro.
Passageiros de ônibus que fazia a linha São Sepé-Agudo, pela manhã, tiveram de esperar o conserto das madeiras do piso da ponteFoto: Paula Oliveira / Arquivo Pessoal

A Ponte das Tunas separa os municípios de Restinga Seca e Formigueiro. No começo da manhã desta terça-feira, um ônibus da empresa Argenta, que fazia a linha São Sepé-Agudo, teve de parar sobre a travessia devido ao rompimento das madeiras. Os passageiros precisaram desembarcar e aguardar que moradores e motoristas consertassem as tábuas.

 Projeto que ensina profissão a jovens busca parcerias em Rosário do Sul

Com madeiras e uma motosserra, foi possível recuperar a base, que foi liberada para o trânsito por volta das 9h45min. O trabalho foi fotografado por passageiros do ônibus, que postaram as imagens nas redes sociais para reclamar do descaso com a ponte de ferro. “Até quando vai o descaso e a falta de respeito? Esta é a situação da Ponte das Tunas nesta manhã”, escreveu a professora Paula Oliveira, de Formigueiro.

O Batalhão Rodoviário da Brigada Militar acompanhou o serviço “improvisado”, sinalizando o local. Por ser muito antiga e estreita, a ponte permite a passagem de apenas um veículo por vez.


Daer promete reforma geral da base de madeira


O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), responsável pela manutenção da Ponte das Tunas, informou que a manutenção da estrutura está incluída no Contrato de Restauração e Manutenção (Crema) de rodovias da região de Santa Maria, que está em andamento. A previsão é de que nos próximos dias tenham início os serviços para a substituição de todo o madeiramento da estrutura. O serviço dependerá das condições do tempo.

 Confira a programação da Semana Farroupilha em Dilermando de Aguiar

O Crema Santa Maria receberá R$ 158,17 milhões em investimentos, com recursos financiados no Banco Mundial (Bird). O programa inclui a recuperação do trecho da RSC-287 entre Santa Maria e Paraíso do Sul, que está em obras. 

* Com informações do jornal O Sepeense 

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249