contatos Assine
Duplicação das BRs

Governo promete pagar até amanhã parte da dívida para retomar obra da Faixa Velha

14 Novembro 2017 00:00:00

Obra está parada há 40 dias por falta de repasse de valores

O governo do Estado prometeu pagar, até esta quarta-feira, R$ 4,1 milhões à Construtora Della Pasqua para a retomada das obras de duplicação da ERS-509 (Faixa Velha de Camobi), paradas há 40 dias. A informação é do secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen, que participou, nesta segunda, em Santa Maria, da reunião semanal do Fórum de Entidades Empresariais de Santa Maria, realizada na Feisma.

26 escolas de Santa Maria continuam em greve

O montante é parte da dívida total de R$ 10,6 milhões do Estado com a Della Pasqua, referente a sete meses de atraso nos pagamentos. Westphalen prometeu colocar em dia tudo o que o Estado deve à construtora até o fim do ano ou início de 2018.

– Sei que a empresa não pode trabalhar sem receber e, por isso, estamos repassando parte do que o Estado deve. Acredito que a obra vai ser retomada – disse o secretário, reiterando a promessa de conclusão da duplicação, “no máximo”, até março de 2018.

Essa primeira parcela do valor devido à Della Pasqua sairá de recursos da Cide (contribuição sobre combustíveis para investimentos em infraestrutura rodoviária). O dinheiro "apareceu" porque a Procuradoria Geral do Estado (PGE) conseguiu liminar liberando R$ 17 milhões da Cide bloqueados pela Justiça em uma das ações contra o parcelamento de salários.

Desapropriações da duplicação das BRs fica para 2018

Com a duplicação 90% concluída, Westphalen acredita que, mesmo diante de dificuldades econômicas, o governo conseguirá os R$ 8,6 milhões que faltam para a conclusão da Faixa Velha. A parte da Sogel, a outra empreiteira, está praticamente pronta e “toda paga”, segundo ele. Para entregar a obra até março, falta a construção das rampas (foto acima) que dão acesso ao viaduto no cruzamento da Faixa Velha com a Avenida Osvaldo Cruz. 

OBRA VAI SER RETOMARA?
A construtora Della Pasqua alega que só após receber o pagamento é que poderá avaliar se terá condições ou não de retomar a obra de duplicação agora. 

Iniciada em novembro de 2013, a duplicação do trecho de 4,3 km da Faixa Velha deveria ter sido concluída há dois anos. Mas uma série de entraves e atrasos de pagamentos adiou o cronograma de obras. Hoje, o principal gargalo é no viaduto, pois o trânsito fica em uma pista, gerando longos congestionamentos. O resto já foi duplicado. 

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249