contatos Assine
Com a palavra, os professores

Técnicos santa-marienses avaliam convocação de Tite para a Copa

15 Maio 2018 07:46:00

Tadeu Menezes, Vinicius Munhoz e Tiago Nunes comentam sobre a lista de 23 atletas

Naiôn Curcino

Foto: Lucas Figueiredo (CBF/Divulgação)

Coerência. É assim que três experientes técnicos santa-marienses resumem a convocação da seleção brasileira de Tite, ontem. Tadeu Menezes, ex-técnico do vitorioso Inter-SM dos anos 1980 e uma das inspirações do atual comandante da Seleção - segundo palavras do próprio Adenor -, Vinicius Munhoz, atual treinador alvirrubro, e Tiago Nunes, campeão paranaense com o Atlético-PR neste ano, comentam sobre os 23 selecionados. 

Conheça os 23 convocados para defender a Seleção na Copa

Em outubro do ano passado, no programa "Bem, Amigos", de Galvão Bueno, no SporTV, Tite disse que leva para a carreira ensinamentos de quando foi comandado por Tadeu no Esportivo, de Bento Gonçalves, em 1984. O "professor" do treinador da Seleção disse que os convocados são marcas da sua personalidade. 

VÍDEO: Jogadores do Grêmio vibram com a convocação de Geromel

- A coerência prevaleceu. Todos foram dentro do critério adotado por ele, não tem nenhuma surpresa para mim. Ele leva muito em conta o merecimento, esses que estão aí, mereceram. O Arthur e o Luan, por exemplo, foram muito precoces. É uma Seleção que já estava formada e isso é marca da personalidade, do homem que o Tite é - afirma Tadeu. 

FOTO: Os dois 'erros' no álbum da Copa do Mundo da Rússia

O técnico Vinicius Munhoz, que teve experiências na seleção feminina, concorda com Tadeu. O santa-mariense participou dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e Londres, em 2012, como auxiliar técnico e preparador físico da seleção brasileira feminina. Assim como Tadeu, Munhoz afirma que a convocação de Arthur, principalmente, seria prematura. 

Colecionadores dão dicas para completar o novo álbum da Copa

- Lembro da época da Seleção que tínhamos o cuidado tal qual o Tite teve. É algo de praxe em seleções, que é o monitoramento dos atletas. Chegamos a ter 60 jogadoras mapeadas para definirmos 23, e a lista é muito desse monitoramento de acordo com a sua ideia de jogo. Se pegarmos o Arthur, a aparição com notoriedade dele no Grêmio é muito recente. Ele chamou atletas que ao longo desse tempo estiveram mais presentes com ele e trabalharam com ele em clubes - complementa Munhoz. 

Leia mais notícias sobre esportes

Técnico da equipe sub-20 do Atlético-PR e campeão estadual com o Furacão neste ano, Tiago Nunes também falou da coerência de Tite. No entanto, ele acha que o atacante Luan, do Grêmio, merecia estar na lista.

- Gostei. Para mim não teve surpresas. Ele foi coerente com o que vinha fazendo nas convocações anteriores. Acho que a experiência internacional prevaleceu para o Fred sobre o Arthur. Só o Luan acho que vive um momento melhor que o do Taison. Mas a coerência norteia o trabalho do Tite, e como a Copa é um torneio, e não um campeonato, levar quem tem vínculos, com quem já trabalhou com ele, em uma competição de curto prazo pode fazer a diferença - destaca Nunes.

NAS RUAS

A um mês do início da Copa do Mundo, os santa-marienses ainda amadurecem a ideia de Copa do Mundo. A convocação de ontem, sem grandes surpresas ou polêmicas, repercutiu de forma discreta entre a comunidade. Pedro Geromel, zagueiro do Grêmio, é o jogador mais lembrado. O atleta é aprovado por todos, inclusive por colorados. Mas o candidato a craque do Brasil na Copa é unânime: Neymar. Em relação à expectativa de desempenho do Brasil, a opinião está dividida. Há quem diga que a Seleção não passa nem da fase de grupos e outros que pregam que o hexa vem facilmente.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249