contatos Assine
Ufa!

Inter-SM faz 2 a 1 no Santa Cruz, e consegue a primeira vitória na Divisão de Acesso

18 Março 2018 13:47:00

Mesmo com um a menos desde o primeiro tempo, alvirrubro foi eficiente e somou os primeiros três pontos da competição

Naiôn Curcino


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Pablo teve mais uma grande atuação e foi o autor do segundo gol do Inter-SM

A tão esperada vitória do Inter-SM finalmente apareceu. Em casa, na manhã deste domingo, com uma arbitragem discutível, o alvirrubro sofreu, mas fez 2 a 1 no Santa Cruz e somou os seus primeiros pontos na Divisão de Acesso. Os gols foram marcados por Chiquinho, de pênalti, e Pablo, de cabeça. Paulão descontou para os visitantes. Com o resultado obtido na 3ª rodada, o time do técnico Vinicius Munhoz sobe para a quinta posição do Grupo A, com três pontos, um a menos que o Guarani-VA, quarto colocado e último que estaria avançando à segunda fase.

O próximo compromisso do Inter-SM agora é um clássico regional. A equipe santa-mariense vai até São Gabriel para enfrentar os donos da casa, na quinta-feira, às 20h30min. O Sanga vai para o jogo pressionado, já que perdeu aos 50 minutos do segundo tempo, neste sábado, para o Guarani-VA, e virou o lanterna do grupo.

O JOGO

O jogo começou com um grande susto para o Inter-SM. A menos de um minuto, após cruzamento pela direita, Jéferson Carioca subiu sozinho no meio da área alvirrubra e cabeceou bem, mas João Paulo fez uma grande defesa e impediu que o Santa Cruz abrisse o placar. Foi a melhor chance do primeiro tempo com bola rolando.

Depois disso, foram quase 15 minutos sem nenhuma jogada perigosa. As equipes se estudavam em campo e não conseguiu criar oportunidades. O Inter-SM até chegou perto, mas nada que assustasse o goleiro do Santa Cruz. Aos 13 minutos, o zagueiro Manolo fez um grande lançamento para Pablo, pela esquerda. Ele invadiu a área e cruzou, mas o goleiro Jonatan se adiantou e interceptou o cruzamento que procurava o centroavante Paulo Henrique.

Aos 27 minutos, o atacante Pablo, novamente um dos melhores do time, fez nova boa jogada pela esquerda. Ele cruzou e Jardisson apareceu livre no meio da área, mas errou a cabeçada. Dois minutos mais tarde, Pablo foi lançado por Chiquinho dentro da área e escorou para Dudu Mazão, que perto da marca do pênalti, errou o chute.

O lateral-direito Padel, que saiu jogando no lugar de Maldonado acabou expulso. Ele havia levado o primeiro amarelo após um erro do árbitro, que não havia marcado uma falta para o Inter-SM. Aos 32 minutos, ele fez nova falta e acabou levando o segundo amarelo.

Mas o Inter-SM não se abalou e continuou tentando o gol. E ele veio. Aos 36 minutos, o centroavante Paulo Henrique foi lançado pela direita, avançou pela área e na disputa com o zagueiro André Bahia derrubou o camisa 9 do alvirrubro. O time do Santa Cruz reclamou da marcação. Dois minutos depois, com a categoria habitual, o camisa 10 e capitão Chiquinho bateu no canto direito do goleiro, que até acertou onde a bola iria, mas não conseguiu pegar, 1 a 0.

Antes do final do primeiro tempo o Inter-SM ainda chegou com perigo. Pablo deu uma caneta de letra humilhante no marcador e cruzou rasteiro. O atacante Paulo Henrique disputou com o zaga e o goleiro do Santa Cruz, que evitaram o gol.

No segundo tempo, o Inter-SM voltou com grande intensidade. E logo aos três minutos ampliou o placar. Paulo Henrique fez grande jogada individual, passou por dois, foi derrubado e ficou caído no gramado. O juiz não deu falta, mas a bola sobrou para o Chiqunho, pela direita. O camisa 10 cruzou na medida para o baixinho Pablo, entre os zagueiros, de cabeça, fazer 2 a 0.

A partir daí, o Santa Cruz fez valer a superioridade numérica e fez uma blitz no campo alvirrubro. Na segunda etapa, o goleiro João Paulo se tornou um grande personagem. Aos cinco minutos, ele fez uma grande defesa após chute de fora da área. Aos 11, Allan Cristian cruzou e Paulão cabeceou sozinho, por sorte, errou o alvo. E a pressão deu resultado. Aos 13, mais um pênalti discutível. Raulen cruzou pela direita, a bola passou a segunda trave, e Théo e Márcio Tinga disputaram o lance. Os dois caíram e o árbitro marcou. Na cobrança, Paulão marcou e diminuiu para 2 a 1.

Com o gol, a pressão dos visitantes ficou ainda maior. Aos 25, após cruzamento, a bola sobrou no meio da área para Alex Goiano, que, por sorte, não conseguiu chutar com força, facilitando a defesa de João Paulo.

Com o Santa Cruz todo no ataque, o Inter-SM aproveita para contra golpear. Aos 30, Maldonado lançou Jardisson pela direita. O atacante tocou para Cabeça, que da entrada da área, chutou. A bola explodiu na zaga e voltou a sobrar para Jardisson, que driblou o goleiro, mas perdeu um pouco de tempo. Ele ainda conseguiu chutar, mas André Bahia, de cabeça, quase na linha, evitou o terceiro gol alvirrubro.

No finalzinho, um grande susto. Allan cruzou pela direita e Paulão cabeceou bem, e João Paulo fez uma excelente defesa, evitando o empate.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249