contatos Assine
Comandante

'Espero deixar o Inter-SM somente quando minha missão estiver cumprida'

12 Janeiro 2018 20:29:00

Treinador fala sobre a permanência no cargo em 2018 e deste início de pré-temporada de Divisão de Acesso

Pedro Pavan

Foto: Lucas Amorelli (Diário)

Na última quinta-feira, o Inter-SM completou uma semana de pré-temporada. Porém, a verdade é que o trabalho que será levado para 2018 é uma continuação do bem-sucedido 2017,

quando o clube chegou às semifinais da Divisão de Acesso. Não apenas pelos resultados de campo, mas pela proposta de reestruturação fora dele, o Esporte Clube Internacional de Santa Maria caminha para um futuro promissor. E muito disso se deve ao técnico Vinicius Munhoz, que preferiu permanecer na sua cidade natal - ele chegou a recusar uma proposta oficial do Pelotas.

Inter-SM confirma amistoso contra o Cruzeiro-Stg

- Recebi algumas sondagens e uma proposta formal do Pelotas, mas entendi a reestruturação do clube, e encontro, aqui, um bom lugar. Tenho uma característica de relacionamento longo e espero deixar o Inter-SM somente quando minha missão estiver cumprida - afirma Munhoz.

Inter-SM apresenta elenco da Divisão de Acesso

Foi a partir do acerto com o treinador, ainda em julho do ano passado, logo após a eliminação para o São Luiz, que o Inter-SM iniciou o planejamento da próxima temporada. Entre atletas apalavrados, algumas perdas no processo. Mas nada que deixe o comandante menos confiante no seu plantel atual, que conta com 28 nomes (alguns em testes). Sobre críticas em relação à origem dos novos atletas - a maioria nunca jogou no futebol gaúcho -, Munhoz ressalta que respeita todas as opiniões, mas seguiu uma linha de raciocínio que não necessariamente precisa ter a marca do Estado.

Leia as últimas de Esportes

- A gente respeita a opinião de torcedores e a opinião pública em geral. Mas procuramos ser o mais criteriosos possível. Foi assim em 2017. Acredito que todos os campeonatos acabam sendo competitivos (não só os gaúchos). Temos uma cultura nossa de valorizar o produto local, e temos de valorizá-lo. Mas muito mais grave é construir um trabalho sem saber o caminho que tu queres seguir - enfatiza o comandante.


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249