contatos Assine
O elenco do acesso

ESPECIAL: Lucas, um carioca da gema em Santa Maria

14 Fevereiro 2018 13:01:00

Natural do Rio de Janeiro, o atleta de sotaque arrastado se reencontra com o comandante Munhoz

Naiôn Curcino

Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

Diz-se "carioca da gema" para aqueles que nasceram e cresceram na Cidade Maravilhosa. É assim que o lateral-esquerdo Lucas Fernandes Carvalho, 23 anos, se intitula. Com aquele tradicional sotaque arrastado, nem é preciso falar a origem. Apesar de ter jogado boa parte da carreira no seu Estado, foi em São Paulo que ele conheceu Munhoz. 

ESPECIAL: Conheça as histórias de vida dos goleiros do Inter-SM

Lucas começou no futebol no pequeno Sendas, da cidade de São João do Meriti, no Rio de Janeiro. Em 2012, foi emprestado para a base do tricolor de Porto Alegre, onde ficou apenas um ano. Em 2013, voltou para o Sendas, que mudou de nome e virou Audax Rio. Até que, na temporada seguinte, foi mandado para o Grêmio Osasco Audax, sob o comando de Munhoz no sub-20. 

ESPECIAL: Os xerifes da área alvirrubra

- Foi bom trabalhar com ele lá. Foi uma grande experiência, principalmente pelo estilo de jogo dele, que permite que a gente evolua bastante. O campeonato lá é muito difícil, mas chegamos na final (Paulistão Sub-20) e só perdemos nos pênaltis para o Corinthians - recorda. 

'Não estamos preocupados com o resultado. Vi evolução', destaca Munhoz após derrota em amistoso

Porém, em 2015, Lucas teve uma grave lesão. Quebrou o osso da fíbula e ficou em tratamento por quase um ano. Em 2016, recebeu a oportunidade de voltar para o seu Estado e disputar a primeira divisão do Campeonato Carioca pelo Tigres do Brasil, que terminou na 11ª colocação. Em 2017, jogou a Série B2 (uma espécie de terceira divisão carioca) pelo Mesquita, e quase conseguiu o acesso para a Série B1, perdendo apenas na semifinal. Foi então que surgiu o convite para trabalhar com Munhoz novamente. 

Após bons desempenhos, meia de 16 anos ganha espaço no Inter-SM

- A gente tem que avaliar tudo, não dá para sair de casa em vão, largar a casa, esposa, filhos, à toa. Ele (Vinicius) me ligou perguntando se eu tinha interesse em vir. Conversei com a minha esposa e disse que gostaria de voltar a trabalhar com ele, porque é um cara justo, que está pronto para ajudar - relata. 

Inter-SM perde para o União-FW em amistoso movimentado na Baixada

Casado há dois anos com Thais Silva, fruto de um relacionamento de 12 anos, Lucas é pai do Davi Lucca, de oito meses. 


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249