contatos Assine
Promessa da Baixada

Após bons desempenhos, meia de 16 anos ganha espaço no Inter-SM

12 Fevereiro 2018 19:43:00

Joãozinho treina com o grupo principal alvirrubro e foi um dos destaques da equipe do segundo tempo em amistoso contra o União-FW

Naiôn Curcino

Foto: Lucas Amorelli (Diário)
Joãozinho entrou no segundo tempo contra o União-FW e teve uma boa atuação

Todo mundo tem direito a uma segunda chance. Apesar da pouca idade, apenas 16 anos, este ditado popular se encaixa perfeitamente para o pequeno João Vitor Soares Müller. Depois de algumas frustrações no futebol e de ter deixado o time do Novo Horizonte, agora ele está no caminho da profissionalização. O jogador de 1m68cm treina com o grupo do Inter-SM que disputará a Divisão de Acesso, mas ainda não foi apresentado.

"Vi evolução", destaca Munhoz após derrota em amistoso

O meia-atacante, que frequenta o segundo ano do Ensino Médio no Instituto Estadual Padre Caetano, tem contrato amador com o clube e trabalha praticamente desde o início da pré-temporada. É uma aposta na Baixada.

- O João ainda está em avaliação. Estamos observando com calma, pelo fato de ser um jogador jovem. Está muito mais como experiência. Convidamos ele para treinar conosco, e ele vem se destacando nos treinos - explica o técnico Vinicius Munhoz.

Inter-SM perde para o União-FW em amistoso na Baixada

Destaque no segundo tempo do amistoso contra o União Frederiquense, no último sábado, Joãozinho, como está sendo chamado, agradou Munhoz em uma espécie de peneira. Foi o único a ser convidado para treinar junto com o elenco profissional. Além disso, ele era conhecido do auxiliar técnico Guilherme Tocchetto, que foi seu treinador no Novo Horizonte. O próprio atleta reconhece que deixou a desejar no clube laranja e preto após ser reprovado em um teste no Inter, de Porto Alegre. Mas, agora, ele quer que a história seja diferente.

Leia tudo sobre o Inter-SM

- Eu era um pouco preguiçoso, e até me arrependo. Depois que não passei no Inter, me frustrei um pouco e não fui mais nos treinos no Novo Horizonte. Agora, estou me dedicando bastante. Está sendo uma experiência enorme, o grupo também está me ajudando. Eles me elogiaram depois do último amistoso e isso me motiva - conta Joãozinho.

Leia mais sobre Esportes

Segundo o assessor do departamento de futebol do clube, Marcos Pedroso, a ideia é que o atleta siga o mesmo caminho do meia Fernando. No ano passado, o jogador, que tinha 17 anos, destacou-se e hoje está na equipe sub-20 da Chapecoense.

- Como tem apenas 16 anos, estamos tendo um certo cuidado com ele, mas está indo muito bem, evoluindo nos treinamentos e nos jogos - comenta Pedroso.


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249