contatos Assine
Viva o Natal

Conheça seu Adão, o motorista Papai Noel, e os bastidores do dindinho

02 Dezembro 2017 14:25:00

Cada detalhe foi concebido e confeccionado em Santa Maria

Pâmela Rubin Matge

Foto: Lucas Amorelli/ Diário de Santa Maria

Quando chegou em Santa Maria, há seis anos, o que mais chamou a atenção foi o trânsito intenso. A sinalização e o vai e vem frenético de carros, confundia a cabeça de um agricultor acostumado a dirigir trator campo afora. Automóvel, só esporadicamente nas pacatas ruas de Santo Cristo, município com cerca de 14 mil habitantes, no Noroeste do Estado. Mal sabia, Adão João Wermuth, 54 anos, que uma das suas atividades no Coração do Rio Grande seria dirigir um dindinho. É que Seu Adão trabalha para o Hotel Fazenda Pampas, onde desempenha diversas tarefas.

Foto: Lucas Amorelli/ Diário de Santa Maria

O local é sede do Pátio Rural, evento realizado pela prefeitura em que uma das atrações  mais esperadas pelas crianças é o passeio no dindinho. Até aí já era uma mudança e tanto na vida deste alemão de origem, com sotaque marcante e de pouca conversa. Acontece que há dias, ele ficou sabendo do afazer mais inusitado de sua vida: seria ele, o "motorista do Papai Noel". E até "uma fantasia" teria de usar para passear com a trupe natalina pelas ruas da cidade. Cético, chegou a balbuciar, enquanto os vagões eram decorados na última semana: "é cada uma que inventam ..."

Viva o Natal tem garantia de recursos para a programação


Depois do espanto inicial, a nova tarefa do agricultor gerou enorme expectativa junto da esposa e das duas filhas, e em casa, virou o assunto da família Wermuth. E não é que própria concepção de Natal e até os sentimentos do agricultor também pareceram se contagiar com a boa nova:
- Morávamos na zona rural, a 10 km da cidade. Natal era só ir até a igreja e depois voltar para casa. Sempre foi tudo simples, um pinheirinho, pouca decoroação e pouca gente. Não sou muito de multidão, sou caseiro. Mas, agora, só penso nisso (dindinho). Parece que os minutos vão demorar mais até o dia da primeira saída. Responsabilidade é o principal. Eu estou até emocionado com esse convite e quero que as crianças se alegrem. Se precisar, fico horas dando volta. Sou um alemão com sentimentos, sabia? E já posso ir treinando para quando chegarem os netos ... - adiantou o mais novo motorista do Papai Noel.

PASSEIO DE DINDINHO

  • Quando - Nos domingos 3, 10 e 17 de dezembro, das 15h às 19h 
  • Onde - O itinerário passa pela Praça Saldanha Marinho - Avenida Rio Branco - Retorno na Gare - Avenida Rio Branco - Praça Saldanha Marinho
  • Com quem - Crianças, duendes, Papai e Mamãe Noel
  • Quanto - De graça (o passaporte será distribuído na Praça, uma hora antes da primeira turma)
    * É imprescindível que cada criança seja acompanhada por um responsável maior de 18 anos


Foto: Lucas Amorelli/ Diário de Santa Maria

COM ELES, ORGANIZAÇÃO E ENCANTO DE SOBRA

Antes de ganhar as ruas, uma equipe cuidava de cada detalhe do meio de transporte mais cobiçado dos próximos dias. Com artista visual Luciano dos Santos, os atores Patrícia Garcia e Ricardo Paim da Cia Armazém, também responsáveis pela produção e mais uma equipe que esbanjava bom humor, o dindinho incorporava personalidade.
Santos, que assina as roupas da trupe e a decoração do veículo, combinou conceito e o talento local:
- É tudo concebido e confeccionado em Santa Maria, feito a mão, botão por botão, com muito carinho. Hoje, o Natal virou brilho e consumo. Nosso trabalho é construir o sonho dos que ainda acreditam no "brilho no olho", em especial, a inocência das crianças. Por isso muito glitter e muita alegria.

Patrícia adianta que o principal objetivo da ação nos bairros com o dindinho é levar o Papai Noel e seus duendes para fazer a alegria da comunidade, buscando resgatar um costume, que nas décadas de 80 e 90 já muito popular na cidade.
- Procuro ver o Natal com os olhos de criança que ainda me restam. Há quatro anos participo de eventos e espetáculos natalinos e, uma das coisas que mais me surpreendeu foi a reação e a receptividade dos adultos. As pessoas voltam a ser crianças no Natal. Elas se permitem reviver por alguns instantes a magia e o encanto do Natal. O que esperar para este ano? Muuuuitas cartinhas, sorrisos, abraços e fotos.
Ricardo acrescenta o veículo transporta mais que duendes, Papai e a Mamãe Noel. Nesta época, emerge um espírito solidário nas pessoas costumam fazer o bem ou presentar alguém e cheio de expectativas. O que mais encanta, aos olhos do "ator-duende", é pois, o olhar fraterno e cheio de expectativas:

Árvore de Natal vira meme, e assunto viraliza nas redes sociais

- A cada aproximação calculada de uma criança, vem um abraço honesto, com aquela ingenuidade que nos escapa pela dureza do cotidiano. Para mim, isso é o Natal! Naqueles pequenos instantes fica a minha esperança de ser um vírus poderoso, que contagie cada adulto ao redor. E o melhor: eles não escapam. 

Imagens

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249