contatos Assine
PET

6 benefícios da convivência de crianças e animais de estimação

26 Outubro 2017 22:00:00

O contato pode, inclusive, fortalecer o sistema imunológico do bebê

Diário de Santa Maria

Cuidar de um animal de estimação é assumir um compromisso e responsabilidade. Companheiros e fiéis, os cachorros e gatos podem trazer muitos benefícios e desenvolver aspectos sociais e emocionais. E para as crianças, isso acontece de forma ainda mais intensa, garantem os especialistas. 

Começa a venda de passagens intermunicipais no Centro

Aos pais, que possuem animais em casa e se preparam para receber um novo membro na família, a médica veterinária Chaiane Medeiros Peres recomenda manter a carteira de vacinação do animal atualizada.

- Na verdade, as vacinas e o vermífugo são importantes em qualquer situação, independentemente de ter bebê em casa, ou não - comenta.

Loterias acumulam e próximos sorteios podem pagar R$ 20,4 milhões

A veterinária diz que os pais não devem ter receio de permitir o contato entre a criança e os bichinhos. Isto porque, a relação é benéfica tanto com relação a aspectos físicos quanto emocionais.Segundo o pneumologista pediátrico Cláudio Pretto, o contato pode, inclusive, fortalecer o sistema imunológico do bebê.

- Quanto mais precoce for a exposição, menor será a chance de a criança adquirir alergias - comenta o médico.

O pneumologista explica que, para casos de alergia, existem tratamentos com remédios que permitem que a pessoa possa conviver com gatos normalmente.

- Essa alergia afeta algumas pessoas, só que não está relacionada ao pelo do animal, e, sim, à pele e à saliva dos bichos - explica o médico.

PREOCUPAÇÃO

As alergias são um dos receios que fazem com que algumas famílias desistam de adotar gatos. Mas isso não foi problema na casa da veterinária Chaiane. Ela conta que, por ser apaixonada por animais, procurou incentivar desde cedo o contato da filha, Isabelle, 2 anos, com os bichinhos de estimação:

- Ela acabou se apegando e criando um afeto com eles. E ela adora.

 Santa Maria, RS, Brasil, 18/10/2017.Relação de bebês com animais de estimação.
Max convive normalmente com o cachorro Rickelme e o gato Zoinho Foto: Charles Guerra / New Co

DESENVOLVIMENTO

Estimular a relação entre as crianças e os bichos também é importante para desenvolver a autonomia e a responsabilidade. É no que acredita a psicóloga Rejane Simões Pires:

- Por conta da responsabilidade de ter um animal de estimação, a criança passa a construir sua autoconfiança.

Moradores esperam há sete dias por energia elétrica

Além disso, de acordo com a especialista, com a convivência, a criança aprende desde cedo a respeitar os animais.

- Estimula muito a sensibilidade e os sentimentos de solidariedade, generosidade, zelo, afeto, carinho e respeito - acrescenta a profissional.

Esse contato com bichos fez parte da infância e da adolescência da administradora Josaná Noal da Silveira, 34 anos:

- Quando eu era criança estava sempre abraçada em um gato ou cachorro.

A paixão pelos animais fez com que ela adotasse o gato Zoinho e o pinscher Rickelme. A diferença é que, hoje, os dois dividem a atenção da tutora com um novo membro da família: Max da Silveira Storck, 2 meses e meio, filho dela e de Marcos André Storck.

- Logo que o Max nasceu, meu marido levou uma roupinha do bebê para os dois cheirarem e conhecerem o novo irmãozinho - lembra Josaná.

Corrida de tamancos, taco, truco, vaca parada: UFSM sedia encontro nacional com 22 jogos

A mamãe de primeira viagem comenta que Zoinho e Rickelme criaram uma relação de proteção com o bebê.

- Às vezes, o Max se mexe no berço, e o Rickelme já começa a latir para tentar nos avisar - comenta.

A MELHOR IDADE

Apesar de a relação ser positiva para ambos, Rejane recomenda que os pais esperem a criança desenvolver a maturidade motora para começar a auxiliar nos cuidados do animal.

- Crianças a partir de 4 anos conseguem entender e respeitar as regras - explica.

A psicóloga acredita, ainda, que a família deve organizar a rotina e o ambiente da casa antes mesmo de adotar um pet.

CONFIRA OS BENEFÍCIOS DA RELAÇÃO ENTRE PET COM CRIANÇAS

-Desenvolve a capacidade das crianças de se relacionarem afetivamente
- Estimula o senso de responsabilidade
- Contribui para aprendizagem infantil acerca de temas como o nascimento, a procriação e a morte
- Desperta a consciência ecológica e a ética da criança, diante da natureza e dos seres vivos
- A criança aprende a lidar com a perda e com a dor
- Auxiliar na pratica de exercícios físicos por meio de brincadeiras e passeios

(Colaborou Renata Teixeira)





Imagens

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249