contatos Assine
Pet

15 dicas para ensinar o pet a fazer xixi no lugar certo

17 Novembro 2017 23:00:00

Treinador explica que um dos segredos é ter muita paciência

A fisioterapeuta Christina Jaskulski tem muito orgulho das pets Lisa e Cigana no que se refere à higiene. Ela comenta que nunca teve problemas com xixis ou cocôs em lugares inadequados, já que as duas cadelas sempre fazem as necessidades no mesmo lugar e em horários certos.

- Como moro em apartamento, deixo um jornalzinho para elas fazerem as necessidades. Mesmo que eu tire o jornal, elas não fazem em outro lugar. Como passo bastante tempo fora de casa, prefiro garantir o espaço para que elas tenham segurança. Mesmo assim, ambas conseguem respeitar seus próprios horários para urinar ou evacuar - diz.

Já o gerente de negócios Roberto Boff Minuzzi é tutor de dois machinhos, o vira-lata Beiçola e o pinscher Dudu. Mesmo que os cães tenham a fama de serem difíceis de adestrar pela mania de marcar territórios, Minuzzi afirma que não teve dificuldade para ensiná-los.

- O Dudu veio para casa quando ainda era filhote. Nosso método de ensino com ele foi a recompensa. Fazíamos uma festa e lhe presenteávamos com petiscos quando fazia as necessidades no lugar determinado. Agora, toda vez que sai para fazer xixi, ele mesmo comemora. É bem engraçado - conta.

RECOMPENSA

 Santa Maria, RS, Brasil, 09/11/2017.Temática PetAdestramento para cães fazer xixi no lugar certo. Roberto e esposa com os cachorros Dudu e Beiçola.
Minuzzi e Nelise ensinaram os cães Dudu e Beiçola a fazerem as necessidades sempre na gramaFoto: Charles Guerra / New Co

Há três anos, Minuzzi encontrou Beiçola na rua. Com o queixo e os dentes quebrados e parte do corpo queimada, o pet quase morreu. Assim que foi adotado, aprendeu a fazer xixi e cocô nos lugares determinados ou esperar pelo passeio.

- A veterinária calcula que Beiçola tenha uns 12 anos. Com ele, o método da recompensa não funcionou. Então, optamos por ensinar com autoridade, voz firme e muito amor. Percebo que o Beiçola obedece pela gratidão. O olhar e as atitudes dele demonstram o tempo todo o quanto é feliz por estar conosco. Ele é um encanto - afirma.

 6 benefícios da convivência de crianças e animais de estimação

A médica veterinária Luciana Wolle, da Veterinária do Parque, explica que os tutores de gatos ficam mais tranquilos quando o assunto é ensinar onde o felino deve fazer as necessidades. Segundo Luciana, esses pets são muito higiênicos e adquirem hábitos corretos rapidamente.

O treinador de cães e estudante de Medicina Veterinária Marcelo Ilha explica que o animal aprende por assimilação e que, nesta fase, o tutor deve ter paciência e observar os hábitos e os sinais que o pet dá quando quer fazer as necessidades.

DICAS

1. É do instinto do gato esconder as fezes e o xixi. Fisiologicamente, ele vai tapar assim que fizer. Portanto, basta uma caixa de areia por perto e o felino já está treinado

2.  Não é só o cão macho que marca território. As fêmeas também fazem isso, só que discretamente. Como os machos levantam a perna, carregam a fama

3.  Os cães detestam ficar perto de onde fizeram as necessidades. Não deixe cama, brinquedos e, principalmente, os alimentos junto ao local onde eles devem fazer xixi. Eles irão se afastar deste local para fazer isso

4. O ambiente dos animais é a natureza. Observe que eles fazem as necessidades na grama ou na terra, ou seja, em locais que absorvam a urina. É por isso que, ao serem submetidos a viver em ambientes fechados, eles procuram almofadas, sofás ou tapetes para fazer xixi

5. Para que o seu pet não suje locais e objetos inapropriados, recorra a jornais ou tapetes higiênicos que devem estar sempre à disposição deles e trocados com frequência

6. A dica vale para os tutores dos exigentes felinos. Se a caixa de areia estiver encharcada, eles vão fazer xixi nem outro lugar

 Monumentos centrais de Santa Maria sofrem com a falta de manutenção

7. No treinamento, nunca bata no animal ou esfregue-o nas fezes e na urina. Violência e maus tratos e podem causar disfunções fisiológicas

8.  Animais aprendem por associação, seja ela negativa ou positiva (recompensa)

9.  O método mais eficiente para ensinar o pet é a recompensa que pode ser em forma de petiscos ou em manifestações de alegria e carinho

10.  Os pets dão sinais. Observe-os. Quando querem fazer xixi, cheiram o chão, pulam ou andam em círculo. Ao perceber isso, indique o lugar. Coloque-os em cima do jornal e logo que fizerem as necessidades, ofereça a recompensa. Geralmente, em três dias estão treinados

11. Se acontecer de eles ainda fazerem xixi no lugar errado, ignore o ato, tenha paciência e reforce o treinamento

12.  Neste caso, ignorar é não recompensar, tampouco dar sermão. Cães detestam ser ignorados, ele irão assimilar o processo

13. Por estarem acostumados a fazer as necessidades em qualquer lugar, animais adultos requerem mais dedicação ao treinamento, mas, com estímulo correto, o resultado também é eficiente

14. Para quem vive em apartamento, recomenda-se que saiam com os pets, no mínimo, três vezes ao dia. O ideal é que o animal saia para fazer xixi de seis em seis horas, salvo à noite

15. Castração é uma importante aliada nesse treinamento. Animais castrados não têm a necessidade de marcar território urinando em vários lugares. Em alguns casos, o hábito permanece, mas diminui muito

Fonte: Marcelo Ilha, treinador de cães

Imagens

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249