contatos Assine
Empreende

Modelar massinha virou um negócio para artesã de Santa Maria 

24 Outubro 2017 23:00:00

Carla Biscaro Neis começou a fazer as primeiras peças em biscuit para ter renda extra para a família

Luisa Neves

É possível modelar uma massinha e ainda ganhar dinheiro com isso? Sem dúvidas! Essa, inclusive, é a realidade da artesã Carla Biscaro Neis, da Biscuitteria, empreendimento que vende peças prontas e ensina a arte do biscuit em Santa Maria.

Ela conta que a iniciativa nasceu da necessidade de ter uma renda extra sem precisar sair de casa, já que tem filhos pequenos.

- Trabalhar com biscuit é entrar no mundo mágico da massinha de modelar. Além das peças prontas, meu foco são os workshops e venda de material para biscuit - afirma.

Enfeites para chimarrão, bolos decorativos, noivinhos, lembrancinhas de chás de bebê, nascimento, formatura e casamento. Em meio a massas e formas, a empreendedora compartilha sua técnica com outras mulheres que também fizeram do biscuit uma oportunidade de negócio.

A secretária Aniele Lemos foi aluna e hoje é cliente de Carla, de quem compra materiais para produzir suas encomendas. Com apenas uma aula na Biscuitteria, ela fez do artesanato uma fonte de renda extra.

 Curso de resgate de Santa Maria ensina como agir até que o socorro chegue

Inspiração

 Santa Maria, RS, Brasi, 14/10/2017.Temática Empreende , com Carla Biscaro Neis, ela produz biscuits.
Foto: Charles Guerra / New Co

Experiente em outros trabalhos manuais, a artesã Tatiana Baldez também queria aprender a arte do biscuit. Depois que fez o workshop com Carla, trabalha só com isso. Satisfeita com o empreendimento, ela conta que Carla dá todo o suporte aos alunos e não tem medo de ensinar tudo o que sabe.

Há três anos, a promotora de vendas Delecimar Ramos sofreu uma lesão na coluna cervical e perdeu parte dos movimentos das pernas e braços. Para lidar com a situação, buscou na internet uma maneira de trabalhar em casa e conheceu a Biscuitteria.

- Quando eu estava sem motivação para nada, a Carla me mostrou o mundo mágico do artesanato. Agora vivo mais feliz. Faço biscuit por terapia e ainda vendo algumas peças - comemora Delecimar.

Já para Carla, o incentivo e a inspiração para o trabalho vieram da mãe, a empresária Ivete Biscaro. Ela admite que não sabia empreender. No início, o apoio da irmã, Angélica Neis Rossi, que vendeu as primeiras peças, e da tia, Maria de Lourdes, que foi a primeira sócia, foi fundamental para ela acreditar que, com ousadia, organização e força de vontade, uma artesã permanece forte no mercado.

- Ninguém faz nada sozinho. A Biscuitteria conta com ajuda que vai além do artesanato. A minha prima, Luciana Biscaro, é quem faz as vendas externas desde o começo do empreendimento - afirma.

A empreendedora diz que muitas pessoas a procuram para aprender a técnica e que ela incentiva outras artesãs a investirem no biscuit.

 Após incêndio em apartamento, estudante investe em produção de doces para se recuperar

Retorno
Com assessoramento da mãe e com a prática, Carla aprendeu a valorizar a mão de obra do artesanato e calcular com precisão os custos e lucros da Biscuitteria.

- Hoje, o biscuit é a principal fonte de renda da minha casa. Meu marido, Evandro Neis, toma conta do lado financeiro, enquanto eu faço as peças e dou os cursos - diz.

 Santa Maria, RS, Brasi, 14/10/2017.Temática Empreende , com Carla Biscaro Neis, ela produz biscuits.
Foto: Charles Guerra / New Co

Dicas para quem quer trabalhar com artesanato
_ Trabalhe com o que gosta de fazer
_ Calcule o tempo de produção
_ Calcule o custo de cada peça e o valor de venda dos produtos
_ Seja o primeiro a valorizar o artesanato
_ Tenha espírito empreendedor
_ Acredite no seu potencial e persista

Na Biscuitteria
_ Workshops- R$ 19,90 a R$ 79,90 com material incluso
_ Cursos rápidos- De R$ 20 a R$ 60 (com material)
_ Aulas particulares- R$ 75 (5 horas e meia), mais R$ 35 (taxa de material)
_ Lembrancinhas - De R$ 3,50 a R$ 12
_ Velas personalizadas - De R$ 25 a R$ 80
_ Casais de noivos - De R$ 150 a R$ 350
_ Enfeites para chimarrão - De R$ 5 a R$ 20
_ Bolos fakes - De R$ 150 a R$ 600
_ Contato - (55) 3212-8093 e 99113-2528 (Whatsapp)

mais sobre:

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249