contatos Assine
empreende

Instrutora de trânsito de Santa Maria oferece aulas de direção para habilitados

03 Janeiro 2018 12:00:00

As aulas são destinadas a pessoas que tem medo de dirigir


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)/Lourdes (ao volante) voltou a dirigir depois de receber as dicas da professora Claudete (na carona)
Insegurança, trauma ou, simplesmente, medo. Tem gente que trava só de pensar em ligar um carro. Mesmo habilitadas, muitas pessoas não conseguem dirigir e acabam deixando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na gaveta. Essa era a realidade da aposentada Lourdes Franzin, 62 anos. Ela conta que, há 25 anos, fez a primeira habilitação e, desde então, nunca mais havia dirigido:
- Eu queria dirigir, mas, só de pensar, perdia o sono. Até que vi, no Facebook, que uma professora de Santa Maria dava aulas para habilitados que não conseguiam dirigir. Não pensei duas vezes: me matriculei e, em 20 dias, superei o medo de muitos anos. Realizei um sonho. 

SEGURANÇA
A experiência de 13 anos como instrutora de trânsito fez com que Claudete Fernandes Paim, 58 anos, deparasse com muitas pessoas que têm pânico de dirigir. Logo, ela aliou a vontade de inovar na profissão com a oportunidade de ajudar:
- Trabalhei em dois Centro de Formação de Condutores (CFCs) e já treinei muitos motoristas. Percebi que alguns tornavam-se autorizados a conduzir, mas isso não significa que estavam habilitados. Em Santa Maria, muita gente tem a CNH apenas como documento.
Em agosto deste ano, Claudete fundou a Gold, Aula para Habilitados. A instrutora percebeu que os alunos precisavam de dicas e de incentivo de um especialista para se sentirem capacitados a enfrentar o trânsito. E foi isso que ajudou a funcionária pública Laura Pereira, 29 anos, a tirar a CNH da gaveta depois de 10 anos:
- Fiz apenas cinco aulas e, no primeiro dia, vi que era possível dirigir sem medo. Além de nos passar a técnica, Claudete nos ensina com descontração e estimula nossa autoconfiança. Vale a pena. Com a instrutora, Laura aperfeiçoou o que aprendeu na autoescola: a forma correta de estacionar, tirar o carro da garagem e fazer baliza. Agora, a funcionária pública dirige todos os dias.

Designer de Santa Maria investe na personalização de materiais de papelaria

Depois de sofrer dois acidentes de carro em pouco tempo, a comerciária Daniella Barcelos, 52 anos, não queria mais dirigir. Ela que conta que, em uma das colisões, dois condutores embriagados bateram no carro dela, um, na parte de trás, e outro, na lateral. Desde o acidente, Daniella vivia com a impressão que seria atingida por outros carros a qualquer momento.
- Consegui superar o trauma. As aulas de direção defensiva ensinam muitas técnicas que nos dão segurança. Com poucas aulas, voltei a dirigir com confiança. A empresa começou as atividades em agosto do ano passado e, de acordo com a proprietária, o retorno financeiro tem sido altamente positivo. Ciente de que os primeiros meses são de investimento, a instrutora explica que a agenda cheia aumenta a expectativa de rendimento da empresa e diz que já sonha em comprar outro carro e aumentar a equipe.

Estudantes santa-marienses criam loja online de biquínis e maiôs

ESPECIALISTA
O especialista em psicologia do trânsito Diógenes Smith Chaves, de Santa Maria, alerta para a importância de tratamento com profissional especializado em caso de traumas e de todas as outras causas do medo de dirigir. Ele diz que muitas pessoas que passaram por acidentes no trânsito pensam que a situação pode repetir e, com isso, dirigem com muito medo ou jamais voltam a conduzir um veículo.
- Como terapeuta cognitivo comportamental e instrutor de trânsito, atendo muitas pessoas com fobia de dirigir. Nestes casos, é essencial ajudá-las a controlar a ansiedade e trabalhar cada situação de forma gradativa. Pressões externas, traumas, ansiedade, medo de exposição, condução periférica (apenas perto de casa), medo de rodovias ou de ultrapassagem, muitas vezes, são decorrentes de uma interpretação errada do trânsito. Não tente perder o medo sozinho. Sempre que achar necessário, procure ajuda - orienta.

PARA CONTRATAR
A empresa atende somente alunos habilitados que tenham receio de dirigir. Durante as aulas, Claudete trabalha os principais motivos que geram medo nos condutores: rampa, estacionamento entre dois carros, direção em rodovias, trevos, curvas e trânsito urbano intenso. 

  • Quanto - R$ 45, por 50 minutos de aula (sujeito a variação no início de 2018)
  • Quando - De segunda-feira a sexta-feira, manhã, tarde e noite, com exceção dos feriados, e aos sábados de manhã
  • Informações - As aulas podem ser agendadas pelo facebook ou pelos telefones (55) 3317-5973 e 99620-6967 

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249