contatos Assine
espetáculo

Musical Imembui será apresentado no aniversário de 160 anos de Santa Maria

16 Maio 2018 20:15:00

Uma década depois do lançamento, Musical Imembuy será reapresentado nesta quinta

Cassiano Cavalheiro


Foto: Laura Fabrício (Divulgação)
Musical Imembuy foi apresentado há 10 anos

O público que for celebrar o aniversário de Santa Maria na tarde desta quinta, no Parque da Medianeira, vai ganhar um presente especial: rever ou ver pela primeira vez a lenda local de Imembuy que, há 10 anos, virou musical. A nova (e única) oportunidade de assistir à nova montagem será hoje à noite, às 19h. A apresentação faz parte da programação do Viva Santa Maria, atividade organizada pela prefeitura para festejar os 160 anos do Coração do Rio Grande.

Com texto de Orlando Fonseca e música de Otavio Segalla, o espetáculo original é de 2008, montado em função dos 150 anos da cidade. Na época, com direção musical de Ricardo Freire e direção artística de Bebeto Badke, a produção levou mais de 40 artistas para o palco do Theatro Treze de Maio.

Espetáculo do Teatro Por Que Não? estreia neste final de semana

Agora, a nova montagem está sob responsabilidade de Patrícia Garcia, Ricardo Paim e direção musical de Jair Medeiros. Os arranjos musicais seguem iguais aos de 10 anos atrás. No palco, mais de 20 artistas e dançarinos contam, cantam e dançam a Lenda de Imembuy.

Assim como no passado, os personagens principais da lenda serão interpretados por Deborah Rosa, Gisele Guimaraes, Maninho Pinheiro, Pedro Ribas e Pirisca Grecco.

- Foi um presente ter participado há 10 anos. A música que interpreto é linda. Claro, uma década depois, a voz já não é a mesma. Mas a emoção de reviver e reencontrar esse time tanto tempo depois é algo muito forte -declara Deborah Rosa, que interpreta a mãe de Imembuy.

VÍDEO: 'Deadpool 2' chega aos cinemas de Santa Maria nesta quinta

CRESCIMENTO ARTÍSTICO
O bailarino Jean Marley tinha 15 anos e pouca experiência quando se apresentou na primeira montagem do espetáculo. Na época, sem pretensão profissional e sem entender direito o que era um grande musical, topou o desafio de fazer parte do núcleo de danças urbanas. Na ocasião, conheceu profissionais que se tornaram amigos e parceiros até hoje.  

Na montagem atual, o bailarino e coreógrafo encarou um novo desafio: ajudar a criar e executar as coreografias do espetáculo em apenas 15 dias. Tanto da experiência passada quanto da atual, ele guarda grandes lições.

- Passa um filme na cabeça. Relembro os ensaios e a leveza de quem dançava só para se divertir. Hoje, como profissional, as exigências pessoais são maiores, bem como a gratidão por fazer parte de um projeto desses, ao lado de grandes profissionais e amigos - relata o bailarino.

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249