contatos Assine
tecnologia

De Super Mario à Call of Duty: o que você não pode deixar de jogar nestas férias

04 Dezembro 2017 13:16:00

Colunista dá dicas de games para você aproveitar durante as férias

Então é Natal! Quer dizer, ainda não, mas já estamos quase lá. E, como todos sabem, Natal é sinônimo de festas, chocotones (panetones foram censurados por conterem uvas-passas) e, claro, de férias! E se existe melhor combinação do que folga + videogames, por favor, compartilhem, pois eu ainda não descobri. E é por esta razão - e também porquê 2017 foi um ano recheado de incríveis lançamentos - que na coluna de hoje separei alguns dos principais games lançados durante este ano e que você não pode deixar de jogar nas férias que se aproximam. Bora lá?

Foto: Google Imagens

Resident Evil 7

Depois de explorar uma mansão claustrofóbica, sobreviver em uma cidade tomada por mortos-vivos, salvar a filha de um presidente das garras de uma seita na Europa, visitar a África para combater uma infecção biológica e, por fim, enfrentar o bioterrorismo à nível global, é chegada a hora do jogador voltar às origens da série do gênero survival horror para vivenciar mistérios macabros e doentios que permeiam o lar de uma "família", por assim dizer, muito peculiar, e sedenta por atrocidades.

A controversa mudança de estilo na série, que passou a fazer uso de uma câmera em primeira pessoa (ante uma perspectiva em terceira), gerou um iminente debate entre os fãs, principalmente entre os mais saudosistas, mas que, felizmente, acabaram se rendendo à nova aventura sanguinolenta e perturbadora de Resident Evil 7.

Foto: Google Imagens

Munição limitada, itens de cura escassos, dezenas de quebra-cabeças para resolver e sustos sistemáticos são as peças de uma fórmula que a série precisava reutilizar (e revitalizar) para prestigiar os antigos fãs da franquia e angariar uma nova leva de adoradores do gênero. O resultado deu tão certo, que é por isso que Resident Evil 7 se faz presente nesta lista.

Plataformas disponíveis: Xbox One, Playstation 4 e PC
Gênero: Horror de sobrevivência
Classificação indicativa: 16+

Horizon Zero Dawn

Jogos eletrônicos são obras de arte. Ponto. E o título exclusivo de Playstation 4, Horizon Zero Dawn, prova, por A+B, que uma boa história se traduz em diversão insaciável e em muitas, muitas horas bem usadas de jogatina.

Sob o pano de fundo de um mundo pós-apocalíptico dominado por máquinas altamente tecnológicas, o RPG de ação e aventura apresenta cenários deslumbrantes, repletos de mistérios. E é na pele de uma mulher chamada Aloy, que deve o jogador buscar as respostas sobre o porquê de o mundo ter se transformado no que se transformou (e também para desvendar os segredos que rondam a protagonista).

Foto: Sony/Divulgação

O ponto alto da obra é sua narrativa, altamente bem desenvolvida, e que faz com que o desejo de parar de jogar seja quase inexistente. É porquê o jogador é tão bem conduzido pelo universo do jogo, que a sensação que se tem é que você realmente precisa "salvar o dia". Vale cada centavo!

Plataformas disponíveis: Exclusivamente para Playstation 4
Gênero: RPG de ação e aventura
Classificação indicativa: 14+

Cuphead

Acostumado com a estética da grande maioria das animações atuais feitas por computador? Pois bem, nem sempre os desenhos foram tão "digitais". Em tempos de outrora, mais precisamente na década de 1930, as poucas obras animadas existentes tinham traços extremamente peculiares, muito porque eram feitos à mão, folha por folha, frame por frame. Um exemplo? O ícone cult Betty Boop e sua inesquecível imagética. Agora, quase um século depois, imagine que você pode "jogar" um desenho animado naquele estilo vintage. Curtiu a ideia? Pois bem, é exatamente o que propõe Cuphead.

Foto: Polygon

A obra independente, fruto do árduo trabalho de dois irmãos, foi desenvolvida com a proposta de recriar a estética utilizada nos desenhos animados da década de 1930, o que acabou resultando em um fantástico game de ação em 2D, com gráficos cartunescos impressionantes, trilha sonora nostálgica e nível de dificuldade extremamente elevado. Simplesmente um dos melhores jogos de 2017, e indispensável (se ainda não o fez) para se jogar nestas férias. 

Plataformas disponíveis: Xbox One e PC
Gênero: Ação
Classificação indicativa: 10+

Super Mario Odyssey

Não tem jeito, quando se trata de Super Mario a Nintendo nunca faz feio. Nunca! E é claro que com o recém lançado Super Mario Odyssey isso não poderia ser diferente.

Mais uma vez, o simpático encanador bigodudo sai em uma jornada para salvar a sua querida e amada princesa Peach das garras do vilão Bowser que, como sempre, quer porque quer que a loirinha se torne sua esposa, só que desta vez ele foi ainda mais longe, e está, literalmente, planejando um casamento, com terno, véu, grinalda e tudo o que pode se esperar de uma cerimônia tradicional do gênero. Mas é claro que Mario não vai deixar por isso mesmo.

Foto: GameRant

Para ajudar em sua jornada, Mario ganha a ajuda do bravo "cappy", um chapéu falante que tem como poderes especiais a possessão de corpos. Isso significa que o protagonista poderá utilizá-lo para entrar no corpo de inúmeros inimigos, desde pequenas tartarugas até enormes Tiranossauros Rex, tudo isso para que se possa coletar todas as 999 luas, espalhadas por dezenas de cenários coloridos e cheios de desafios, e que são utilizadas como combustível para o funcionamento de uma nave chamada de "Odyssey", o meio de transporte utilizado pelo bigodudo para explorar diferentes planetas. E por falar em planetas, pela primeira vez na história Mario visitará o mundo dos humanos, em uma cidade toda trabalhada na estética de Nova York. Imperdível!

Plataformas disponíveis: Exclusivamente para Nintendo Switch
Gênero: Aventura
Classificação indicativa: 10+

The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Considerada uma das maiores franquias de games de toda história, o lançamento de um novo jogo da série The Legend of Zelda é sempre comemorado como o final da Copa do Mundo no universo gamer, e não por menos. Assim como em Super Mario, a Nintendo não mede esforços para produzir títulos inesquecíveis do guerreiro de gorro verde Link. Mas em Breath of the Wild o habitual grau de maestria atingiu um novo nível.

Tido como o favorito para ganhar o prêmio de "jogo do ano", The Legend of Zelda: Breath of the Wild redefine completamente os conceitos que estruturam um jogo do gênero RPG de mundo aberto. Não é absurdo afirmar que serão necessárias centenas e mais centenas de horas para desbravar os vastos cenários do destruído reino de Hyrulle, a fim de eliminar o mal que tomou conta daquele lugar.

Foto: Nintendo/Divulgação

Os gráficos são impressionantes, e tudo ganha ainda mais beleza pelo alto e rico nível de detalhamento técnico, em um mundo totalmente orgânico, sob o embalo de uma impecável trilha sonora e de um sistema de combate extremamente plural.

É difícil explicar esta obra de arte com palavras, por isso, se ainda não jogou, não espere mais um minuto se quer: será uma experiência única para suas férias!

Plataformas disponíveis: Wii U e Nintendo Switch
Gênero: RPG de ação e aventura
Classificação indicativa: 12+

Call of Duty: World War II

Já virou tradição: todo ano tem um novo jogo da série de tiro em primeira pessoa Call of Duty. Claro que em 2017 isso não seria diferente. E, desta vez, é hora de voltar às origens da franquia e revisitar um período marcante de nossa história: a Segunda Guerra Mundial.

Os últimos títulos da série haviam apostado pesado em batalhas campais mais futuristas, com a possibilidade, por exemplo, de utilizar exoesqueletos ou de praticar saltos e piruetas pra lá de "hightech". Na teoria, legal, na prática, nem tanto. É porquê estas mecânicas estavam deixando os jogos complexos demais, crítica feita por boa parte dos fãs. Em World War II, no entanto, o título volta a trazer a simplicidade que fez de Call of Duty a maior franquia do gênero.

Foto: Google Imagens

Call of Duty é tiro certeiro quando o assunto é multiplayer, para jogar localmente com os amigos ou via internet com jogadores do mundo inteiro. São horas e mais horas de diversão descompromissada, trabalhando diferentes estratégias para se tornar o soldado mais temido dos campos de batalha. É compra certa para quem presa por um jogo divertido e com alto fator de replay (e também por uma história, no modo campanha, com uma narrativa muito bem desenvolvida e dosada).

Plataformas disponíveis: Xbox One, PS4 e PC
Gênero: Ação; Tiro em primeira pessoa
Classificação indicativa: 16+

Este ano foi incrível para todos os amantes de jogos eletrônicos e, como já ficou bem claro, o que não faltou foram games extremamente divertidos e bem desenvolvidos. A lista aqui produzida não contempla todas as pérolas lançadas em 2017, mas certamente apresenta algumas das melhores opções - caso ainda não tenha jogado - para que você aproveite cada segundo de suas férias sem se arrepender de ter jogado tempo ou dinheiro fora. É diversão garantida, do início ao fim.

A gente se vê em 2018. Boas festas!

fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3221-1616
(55) 99973-0878
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249