contatos Assine
cultura

Músicas para celebrar Mãe Iemanjá

02 Fevereiro 2018 14:37:00

Colunista dá sugestões para cantar a rainha do mar


"Dia dois de fevereiro 
Dia de festa no mar 
Eu quero ser o primeiro 
A saudar Iemanjá" 

Salve Dorival Caymmi!

Uma das primeiras músicas que tenho na memória. Lembro bem "Seu Danilo", meu pai, todo o domingo pela manhã fazendo as devidas apresentações... E não é que elas seguem comigo? Cantar a rainha do mar é inspiração para muitos compositores. Sambas enredos, melodias emblemáticas do cancioneiro, ricas canções gaúchas além, dos lindos pontos dos terreiros. E por aí transito e estou até hoje! 

Foto: Rafael Happke

A musicalidade, assim como a imagem da "sereia" (não é à toa que o sereísmo invadiu nosso cotidiano - bonecas e desenhos infantis, acessórios de decoração e moda, tattoo não só nos marinheiros, novelas, clipes...num sem fim de possibilidades!), esteve presente comigo em 2011 ao cantar meu "Deborah Rosa EnCanta Maria Bethânia" no Theatro Treze de Maio. Primeiro bloco, os "clássicos" e no segundo momento, "ela" descia ao fundo do palco junto ao batuque de grupo CUICA, um misto de celebração e oração a rainha do mar. 

Já há muito pesquisava e sentia uma diferença na minha relação entre os "clássicos da música" e as canções que exaltavam a natureza, o mar, a rainha e suas vertentes...e assim foi. "Oguntê, Marabô Caiala, e sobá Oloxum, Ynaê Janaina e, Yemanjá"... 

Na voz de Marisa Monte, o hino do Império Serrano uma das mais fortes da lista. Depois veio a Clara Nunes, no nosso Show "Claridade"...Quem não levanta da cadeira em "O Mar serenou"? Afinal "quem samba na beira do mar, é sereia!" E, é assim que hoje todas nós mulheres nos tornamos - sereias! ao estabelecer uma relação de beleza, encantamento e força. Costumo dizer que são as músicas "vivas" do meu repertório é onde a energia e o improviso são mais ricos sem se preocupar com questões técnicas!!! 

É liberdade! 

E minha relação com "Ela" é única.

Como minha mãe das águas, cada canto é uma oração!

Em meu último trabalho, "Samba e Saravá" e seu registro EP Saravá, a rainha sereia aparece no "Afagada no colo de Iemanjá". Confira "Experimento":

Passear por esse mundo de sonoridades é incrível. Batuque, canto firme e forte cheio de significado e verdade. Por isso, selecionei alguns links para celebrar o dia de hoje... Salve, minha mãe "Yà - Omo - Ejà" a mãe cujo os filhos são peixes....

Dorivai Caymmi - Dois de fevereiro

Wando - Odoiá


Clara Nunes - Conto de areia


Imperio Serrano 2009 - A Lenda das Sereias e os Mistérios do Mar


Marisa Monte - Lenda das sereias


Loma Pereira - Mãe D'água


fale com a redação

quem somos
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3220-1717
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3220-1818
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas mensagem de texto)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249